• Edgar Marcucci

Compras de natal: Dicas para não perder a mão e prejudicar o planejamento de suas contas

Conheça algumas dicas para que suas compras de natal caibam no seu orçamento e não prejudique suas finanças


Com o décimo terceiro salário já batendo na porta de milhões de trabalhadores com carteira assinada, o aquecimento da economia é inevitável por causa das compras de natal. Mas a grande questão é: como não se endividar nessa época para que o orçamento não fique comprometido? A MetLife vai dar algumas dicas para que todas suas compras de natal não prejudiquem suas finanças. Afinal, contrair dívidas logo no final do ano não é uma boa ideia. 


Evite os parcelamentos

Durante suas compras de natal, evite fazer parcelamentos das mesmas, pois isso pode virar uma bola de neve e acabar comprometendo todo o seu dinheiro. Comprar à vista é sempre a opção mais viável. Mas se isso não for possível e você for obrigado a parcelar suas compras, faça o menor número de parcelas possíveis. Dessa forma, você fica livre da dívida em poucos meses. 


Peça descontos

Muitas lojas costumam oferecer descontos para pagamentos à vista. Se o valor das suas compras de natal for considerável, que tal pedir mais um desconto? Suas chances de conseguir ainda um preço melhor serão enormes, pois nenhum lojista vai querer perder venda, principalmente nessa época. Por isso, pedir um desconto a mais é sempre uma forma de se pagar menos pelo mesmo produto. 


Compre à vista

Essa é a melhor forma de se comprar qualquer coisa. Pagando à vista, o seu poder de negociação fica muito mais alto. Além de não contrair dívidas futuras, você paga muito mais barato por suas compras de natal. Lembre-se sempre de que quem paga à vista, na maioria das vezes, paga mais barato e fica no lucro. Quer deixar suas finanças em dia? Pague à vista. 


Não se esqueça das contas de início de ano

Outro grande erro da maioria das pessoas é gastar todo o décimo terceiro com as compras de natal e esquecer das contas de início de ano, que vem logo em seguida. IPVA, IPTU, matrícula e material escolar, viagem de férias, dentre outras, são gastos extras e que também precisam ser pagos. Por isso, lembre-se de que nem tudo é festa e reserve uma boa parte do seu dinheiro para as contas de início de ano. 


Poupe, sempre que possível

Essa velha dica nunca sai de moda. Você pagou suas compras de natal à vista, reservou o valor para as despesas de início de ano e ainda sobrou dinheiro? Poupar é sempre o mais recomendado. Muita gente, por falta de um bom planejamento, acaba se enrolando com as finanças. Ter um dinheiro reservado para um gasto emergencial fora de hora é sempre a melhor opção. 


Siga nossas dicas e fique com a saúde financeira sempre em dia!

Curtiu este conteúdo? Clique no ♡ aqui abaixo para curtir e confira os outros posts.

Edgar Marcucci | Consultoria em Planejamento e Proteção Financeira

Rua Maria Luiza Santiago, 200 | 17º andar - Santa Lúcia - Belo Horizonte

eu@invistoseguro.com.br   |   31 97535-4687

© 2019 by Prem1um Life

  • Instagram - @invistoseguro
  • Facebook - Invisto Seguro
  • Twitter @invistoseguro
  • LinkedIn - Edgar Marcucci